ISSN 1831-5380
Mapa do sítio | Advertência jurídica | Cookies | Perguntas mais frequentes | Contacto | Imprimir a página

10.4.4. Dois pontos

Os dois pontos denotam maior pausa que a do ponto e vírgula. Emprega-se:

a)
Nas citações:
No preâmbulo do acórdão lia-se: «Os proventos auferidos pelo recorrente…»
b)
Nas falas (discurso direto):
«Pilar chamou-o, lá de dentro, com firmeza: — Entre, Jacinto.» (Urbano Tavares Rodrigues — A Noite Roxa)
c)
Nas enumerações:
As principais cidades de Portugal são: Lisboa, Porto e Coimbra.
d)
Para substituir o ponto e vírgula quando a segunda proposição explica ou confirma a ideia contida na primeira:
«Era isto em setembro: já as noites vinham mais cedo, com uma friagem fina e seca e uma escuridão aparatosa» (Eça de Queirós — Contos)
Última atualização: 30.4.2012
Topo da página
Página anteriorPágina seguinte