ISSN 1831-5380
Mapa do sítio | Advertência jurídica | Cookies | Perguntas mais frequentes | Contacto | Imprimir a página

7.3.3. Regras de escrita das referências monetárias

Uso do substantivo (euro)

Sempre que a menção de uma moeda não é acompanhada por um número, deve escrever-se por extenso (com exceção dos quadros):

Um montante em euros
Uma quantidade em francos suíços

Uso do código ISO (EUR)

Texto

Sempre que a unidade monetária acompanhada de um número é o euro, utiliza-se em princípio o código ISO (EUR) (obrigatório nos textos legais):

O orçamento eleva-se a 12 500 EUR.
Uma diferença de 1 550 EUR foi constatada.
Um montante de 1 milhão de EUR foi desbloqueado.
Quadros

Para indicar a unidade utilizada num quadro, utiliza-se o código ISO e o seu multiplicador eventual, alinhados à direita no canto superior direito do quadro, entre parênteses e em itálico:

(em EUR)
(em milhões de EUR)
(em mil milhões de EUR)
Atos jurídicos — Jornal Oficial
Euro

Nos textos em língua portuguesa publicados no Jornal Oficial, os montantes escrevem-se em algarismos e o código ISO EUR deve ser utilizado:

10 000 EUR
1 000 000 EUR (e não 1 milhão de EUR)
Outras moedas

Nos textos em língua portuguesa,para todas as moedas que não o euro, a denominação da moeda escreve-se sempre por extenso na primeira referência, seguida do código ISO entre parênteses. Nas referências seguintes utiliza-se o código ISO:

uma receita de 300 coroas dinamarquesas (DKK) e uma despesa de 505 DKK
Tribunal de Contas

Nos textos do Tribunal de Contas, os montantes são seguidos do substantivo:

uma despesa de 15 000 euros

Uso do símbolo (€)

O símbolo do euro (€) está reservado aos quadros. Pode também ser usado em obras de divulgação ou promocionais (por exemplo: os catálogos de publicações), tal como em comunicados de imprensa.

O símbolo gráfico, em tratamento de texto, obtém-se pressionando simultaneamente as teclas altGr e E. As especificações técnicas do símbolo do euro e as suas diversas versões podem ser obtidas no sítio Internet da Comissão (https://ec.europa.eu/info/about-european-commission/euro/history-euro/design-euro_en#constructing-the-euro-symbol-for-professionals).

N.B.:
Em HTML, deve ter-se em conta a finalidade do documento. Atualmente, os textos configurados em «unicode» não colocam problemas. Contudo, em textos mais antigos criados em ISO 8859, o código HTML «€» permite uma visualização correta do símbolo no ecrã, mas este desaparece quando impresso em papel nalgumas impressoras (este problema pode ser contornado com a inserção do símbolo em forma de uma imagem gif ou jpg). Nos textos que entrem numa cadeia de produção e destinados a serem transferidos automaticamente para a Intranet ou Internet, desaconselha-se a utilização do símbolo (empregar, em vez disso, o código ISO «EUR»).

Posição do código ISO (EUR) nos montantes em números

O código EUR coloca-se depois do número, separado por um espaço:

um total de 30 EUR
N.B.:
Em inglês, irlandês e maltês, o código aparece antes do número, separado por um espaço:
an amount of EUR 30

Posição do símbolo (€) nos montantes em números

O símbolo € coloca-se depois do número, separado por um espaço:

um total de 30 €
N.B.:
Em inglês, irlandês, maltês e neerlandês, o símbolo aparece antes do número:
an amount of €30 (sem espaço entre o símbolo € e o número)

Milhão/mil milhões

Com milhão ou mil milhões, podem utilizar-se as grafias seguintes:

em algarismos:
10 000 000 EUR
o substantivo «milhão(ões)» ou «mil milhões» seguido do código ISO:
10 milhões de EUR
15 mil milhões de EUR
N.B.:
Em publicações genéricas, em que não existem muitos dados em algarismos, pode utilizar-se a fórmula seguinte:
10 milhões de euros
15 mil milhões de euros
em títulos de quadros (normalmente, entre parênteses):
milhões de EUR
mil milhões de EUR
N.B.:
Não utilizar fórmulas do tipo «10 milhões EUR» (sem artigo).
Milhão/mil milhões e décimas

No que diz respeito a dados orçamentais, por razões de comparabilidade dos montantes, recomenda-se a utilização das formas seguintes:

até três décimas depois da vírgula, manter o nível da unidade:
1,326 mil milhões (e não 1 326 milhões)
para além das três décimas, descer à unidade inferior:
1 326,1 milhões (e não 1,3261 mil milhões)

Desta forma, a leitura e a comparação dos números são facilitadas.

Última atualização: 22.8.2018
Topo da página
Página anteriorPágina seguinte